Consulta (Acesso Restrito)

Código:   Senha:

 

Proprietária de padaria é vítima de golpe em Nova Andradina

A Associação Comercial  divulgou recentemente  um alerta  aos empresários  sobre o golpe do falso depósito levando prejuizos ,  hoje  queremos  reproduzir aqui uma materia publicada pelo Jornal da Nova  falando sobre  este assunto . Abaixo na integra a materia 

 

Luiz Gustavo

A proprietária de uma padaria situada em Nova Andradina que não quis se identificar, procurou a reportagem do Jornal da Nova para relatar e alertar sobre um golpe em que ela caiu, no qual vem sendo frequente aos comerciantes do Vale do Ivinhema.

 

Segundo ela, o golpista se passou por um funcionário de uma empresa energética [Eletrobrás], empresa essa parceira da padaria, que já havia comprado ali em outra ocasião. Ela conta que o sujeito ligou informando que ele juntamente com uma equipe da empresa estaria vindo para Nova Andradina, consertar algumas linhas de transmissão. Após alguns instantes de conversa, o homem perguntou o preço do pão francês e pediu para que fossem fornecidos 4 quilos de pão diariamente durante um período de 15 dias.

Depósito fictício que o golpista fez para a padaria - Foto: Reprodução/Luiz Gustavo/Jornal da Nova

Outra ligação foi feita pelo suposto funcionário da energética, dessa vez a uma funcionaria que trabalha no caixa, ele perguntou o número da conta, CNPJ da empresa e o valor total a pagar dos pães consumidos durante a quinzena para que fosse efetuado o depósito, sobre a nota fiscal, ele disse que pegaria depois. A funcionária passou todos os dados.

 

Mais tarde, o golpista enviou um falso boleto por meio do aplicativo “WhatsApp” da vítima, alegando ter feito um depósito errado onde foi passado R$ 4 mil do valor combinado, ele pediu então para que a comerciante depositasse de volta ao menos uma parte desse valor, ela por sua vez, efetuou um depósito online no valor de R$ 2 mil para o homem, mesmo suspeitando dos erros de ortografias que continham nas mensagens recebidas.

 

No outro dia cedo a vítima estranhou o dinheiro não ter caído em sua conta, aí ela se deu conta que havia caído num golpe. "Por sorte a funcionária do caixa da padaria entrou na conta do golpista que não havia sacado o dinheiro ainda e consegui bloquear a conta, a senha e o cartão. Colegas de profissão donos de estabelecimentos na cidade também receberam essas ligações, porém, não efetuaram o depósito", relatou ela.


Conversa de WhatsApp entre golpista e vítima - Foto: Reprodução/Luiz Gustavo/Jornal da Nova

A vítima foi até a Delegacia e registrou um boletim de ocorrência, mesmo assim as ligações e mensagens pela cobrança continuaram. O dinheiro será recuperado.

 

"Venho por meio do Jornal da Nova alertar as pessoas sobre esse golpe que vem fazendo vítimas em todo o Estado e também mostrar a forma que esses bandidos agem", afirmou a comerciante.



<< Voltar

PARCEIROS


 

 

ANÚNCIOS


(67) 3441-1955
Av. Antonio Joaquim de Moura Andrade, 1840 - Centro | Nova Andradina / MS

Imagem