Consulta (Acesso Restrito)

Código:   Senha:

 

Pauta sobe 40% e combustíveis ficaram mais caros

 

 

 

Dourados News

A carga tributária, que pesou acentuadamente sobre os combustíveis neste ano, impulsionará nova alta no início de 2016. Ontem (1), em razão da elevação das pautas fiscais (valores de referência para cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços), os combustíveis ficaram até 0,84% mais caros em Mato Grosso do Sul. Segundo o jornal Correio do Estado, a variação é relativamente modesta, mas, durante o ano, os preços usados pelo governo para cobrar o ICMS da gasolina, diesel e etanol acumularam aumento de até 40,88%.

 

As pautas fiscais são publicadas, com ou sem alterações, a cada 15 dias pelo Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz). Os aumentos ou reduções refletem o comportamento do mercado, mas também estimulam as remarcações de preços nas bombas. Em janeiro, o chamado preço médio ponderado ao consumidor final (PMPF) ou pauta fiscal da gasolina comum era de R$ 3,1415, do diesel comum, de R$ 2,4380 e do etanol, de R$ 1,9712.

 

As pautas fiscais são publicadas, com ou sem alterações, a cada 15 dias pelo Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz). Os aumentos ou reduções refletem o comportamento do mercado, mas também estimulam as remarcações de preços nas bombas. Em janeiro, o chamado preço médio ponderado ao consumidor final (PMPF) ou pauta fiscal da gasolina comum era de R$ 3,1415, do diesel comum, de R$ 2,4380 e do etanol, de R$ 1,9712.

 



<< Voltar

PARCEIROS


 

 

ANÚNCIOS


(67) 3441-1955
Av. Antonio Joaquim de Moura Andrade, 1840 - Centro | Nova Andradina / MS

Imagem