Consulta (Acesso Restrito)

Código:   Senha:

 

PALAVRA DA DIRETORIA

Luciana Batista de Oliveira Catarino

1ª Secretária - ACINA 

 

 - Estamos a dois meses do final do ano, como você pode analisar o ano de 2015?

Luciana - Quando iniciou o ano, com certeza todo brasileiro tinha ótimas expectativas para a nossa economia, pois, cada ano que chega, junto com ele vem objetivos a serem alcançados, metas a serem cumpridas. Mas o que não poderíamos prever é que a economia sofresse abalos sísmicos de alta intensidade e isso fosse prejudicar o mercado financeiro, tanto das empresas como das pessoas físicas, que teve que redimensionar toda a programação previamente agendada para este ano. Todos os setores da nossa economia acabaram sendo atingidos, energia, combustível, alimentação, saúde, telefonia, habitação. Mas apesar de todos os problemas, temos a esperança de fechar o ano com resultados positivos, pois, acima de tudo somos de uma raça forte, perseverante, somos brasileiros e não desistimos nunca.

 

- Qual a expectativa para com o mês de dezembro no comércio?

Luciana - Como disse na pergunta anterior, devemos e queremos fechar o ano com saldo positivo, temos um comércio forte e o foco no momento é a inovação, quem criar novas oportunidades conseguirá vencer os obstáculos. Nova Andradina tem hoje empresários inovadores, com visão de futuro, e o comércio continua sendo o setor que mais emprega no município, ajudando desta forma a manter o equilíbrio da economia local. Quero crer apesar das estatísticas dizerem o contrário que teremos um mês de dezembro animador, com um aquecimento especial nas vendas do comércio, principalmente com a realização de mais uma campanha de prêmios de Natal.

 

- Podemos esperar mudanças na economia   que venham a animar o mercado?

Luciana - Primeiramente precisamos ser otimistas e acreditar sim em mudanças, estamos em época de decisão, o Brasil é um País rico, e o mercado brasileiro já demonstrou que tem poder de reação, então, porque não acreditar que todos os setores do mercado brasileiro possam sofrer mudanças significativas e positivas. Vamos acreditar sempre, pois, a nossa maior fraqueza está em desistir, o caminho mais certo para vencer é tentar mais uma vez.



<< Voltar

PALAVRA DA DIRETORIA

Mauricio Nunes

2º Tesoureiro _ Acina

 

Informativo- O IBGE aponta que no Estado de Mato Grosso do Sul existe atualmente um contingente de 79 mil pessoas desempregadas, um aumento de 60,08% em relação ao último trimestre de 2014. Esses números mostram a dificuldade do País de superar a crise?

 

Mauricio-  Não é esse panorama que nós empresários gostaríamos de estar registrando atualmente no Brasil, mas, infelizmente uma junção de fatores entre crise política e financeira está levando o Brasil a ter mais dificuldades de recuperação na economia. O que queremos e esperamos é o restabelecimento econômico o mais rápido possível, pois, aumenta-se a corrente de prejudicados, a indústria, o distribuidor, as empresas que comercializam, e na ponta da corda os consumidores que dia da dia vem diminuir o seu poder de compra, e no final das contas sofre o comércio que tem que achar medidas alternativas para manter o número de empregados e não despencar as vendas e o seu lucro, que é o que a sustenta no mercado.

 

Informativo- Ainda segundo dados divulgados pelo IBGE, o Estado de Mato Grosso do Sul fechou o ano de 2015 praticamente sem a criação de novas vagas de empregos, com aproximadamente 1,249 milhão de pessoas trabalhando, podemos esperar que novas vagas de empregos sejam criadas?

 

Mauricio, - Contra números não se questiona, mas precisamos reagir com otimismo e ter uma classe empresarial unida para combater a crise, pois é justamente nestas épocas difíceis que podem surgir novas oportunidade, e é nestas oportunidades que podemos criar novas vagas de trabalho e manter alocomotiva do desenvolvimento a todo vapor. Medo desta instabilidade econômica todos nós temos, mas, se começarmos a jogar este jogo retraídos demais, corremos o risco de sermos goleados por essas situações, por isso, vamos continuar trabalhando mais e mais para vencer as dificuldades, agora a classe política nacional precisa assumir o seu papel de seriedade e acabar coma corrupção e trabalhar pelo desenvolvimento desta País.

 

 

 



<< Voltar

PALAVRA DA DIRETORIA

Marley Zeilinger

2ª Secretária - Acina

 

Informativo:  Estamos nos aproximando do fim de 2016, qual a expectativa do comércio para esta época em que se espera um aquecimento nas vendas?

 

Marley: O Comércio aposta que os consumidores tendem a ampliar as compras, e que o faturamento de fim de ano seja melhor que o de 2015. Este ano não foi dos melhores para os empresários, mas   o natal é uma data importante para o comércio que se prepara para um aquecimento em suas vendas, por isso temos que acreditar e sermos otimistas   de que os consumidores irão as compras.

 

 Informativo: Muitos empresários já estão se movimentando para reforçar o estoque e preparando seus pedidos à indústria para as vendas no varejo, isso pode ser considerado como ótimas expectativas?

 

 Marley: Os consumidores estão com confiança em alta, e os varejistas começam a se preparar, pois, a data comemorativa do Natal é sem dúvida a principal em termos de vendas, o que esperamos é ganhos melhores em comparação a 2015, quando a recessão se alastrou. Mesmo sabendo que  o consumidor terá uma renda  menor disponível  não é motivo para desanimarmos, esperamos uma luz  no final do túnel  e o comércio de Nova Andradina  sempre oferece uma gama de produtos, com promoções especiais e com a Campanha de Prêmios que a Acina realiza com a participação da  Prefeitura e dos empresários,  é um trampolim importante para que possamos registrar um grande salto nas vendas  do comércio de Nova Andradina que é hoje um dos mais fortes de Mato Grosso do Sul. Portanto, estamos otimistas sim, para que as nossas expectativas sejam superadas e a Campanha de Prêmios que este ano vai sortear dois carros e três motos e outros prêmios vai atrair sim os consumidores para as compras de final de ano.



<< Voltar

PARCEIROS


 

 

ANÚNCIOS


(67) 3441-1955
Av. Antonio Joaquim de Moura Andrade, 1840 - Centro | Nova Andradina / MS

Imagem