Consulta (Acesso Restrito)

Código:   Senha:

 

Nova Andradina apresenta baixo risco de epidemia, mas alerta permanece

Levantamento Rápido de Infestação do Aedes aegypti (LIRAa), divulgado pelo Ministério da Saúde, mostra Nova Andradina entre os municípios de Mato Grosso do Sul com baixo risco de epidemia, contudo, o alerta permanece. Isso porque o Estado registrou o quarto maior índice do País.

 

O mapeamento, realizado entre outubro e novembro de 2016, registrou 1.427,80 casos de dengue por 100 mil habitantes em MS. Entre os 79 municípios do Estado, Amambai apresenta a maior situação de alerta, com índice de infestação de 4,7, enquanto o índice de Nova Andradina é de 1.

 

Apesar do baixo risco, a situação de alerta para um surto ou epidemia de dengue, zika e chikungunya em Nova Andradina permanece. Também apresentam situação de risco os municípios de Paranhos, com índice de 3,4, Maracaju (3,2), Paranaíba (2,2), Bataguassu (2), Corumbá (1,9), Alcinópolis (1,5), Coxim (1,2) e Bodoquena (1).

 

De acordo com boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde (SES), em 2016, Mato Grosso do Sul registrou 58.768 notificações e 19 mortes por dengue, além de 413 casos notificados por chikungunya, sendo 21 confirmados e nenhum óbito. A maioria dos focos de Aedes aegypti está localizada em depósitos de lixos e pneus.

 



<< Voltar

PARCEIROS


 

 

ANÚNCIOS


(67) 3441-1955
Av. Antonio Joaquim de Moura Andrade, 1840 - Centro | Nova Andradina / MS

Imagem