Consulta (Acesso Restrito)

Código:   Senha:

 

Mato Grosso do Sul ocupa 7ª posição no ranking de mortes por acidente de motocicletas

Taxa de mortalidade no estado é de 11,3 para cada 100 mil habitantes. Nos últimos seis anos, acidentes com motos foram responsáveis pelo crescimento de 115% das internações hospitalares no SUS.

A cada ano, cerca de 45 mil pessoas perdem suas vidas em acidentes de trânsito no Brasil. A violência envolvendo particularmente motociclistas está se tornando uma epidemia no país. O Mato Grosso do Sul ocupa a 7ª posição no ranking de mortes por acidentes de motocicleta, com taxa de mortalidade de 11,3 para cada 100 mil habitantes. Entre 2002 e 2012, este número cresceu 258,4%.

 

No Brasil, o índice é de 6,3 mortes por 100 mil habitantes. Dados preliminares do Ministério da Saúde apontam que, em 2013, os acidentes com motos resultaram em 12.040 mortes, o que corresponde a 28% dos mortos no transporte terrestre. No Estado do Mato Grosso do Sul, foram 268 mortes em 2013.



<< Voltar

Mato Grosso do Sul ocupa 7ª posição no ranking de mortes por acidente de motocicletas

Taxa de mortalidade no estado é de 11,3 para cada 100 mil habitantes. Nos últimos seis anos, acidentes com motos foram responsáveis pelo crescimento de 115% das internações hospitalares no SUS.

A cada ano, cerca de 45 mil pessoas perdem suas vidas em acidentes de trânsito no Brasil. A violência envolvendo particularmente motociclistas está se tornando uma epidemia no país. O Mato Grosso do Sul ocupa a 7ª posição no ranking de mortes por acidentes de motocicleta, com taxa de mortalidade de 11,3 para cada 100 mil habitantes. Entre 2002 e 2012, este número cresceu 258,4%.

 

No Brasil, o índice é de 6,3 mortes por 100 mil habitantes. Dados preliminares do Ministério da Saúde apontam que, em 2013, os acidentes com motos resultaram em 12.040 mortes, o que corresponde a 28% dos mortos no transporte terrestre. No Estado do Mato Grosso do Sul, foram 268 mortes em 2013.

 

Nos últimos seis anos, as internações hospitalares no Sistema Único de Saúde (SUS) envolvendo motociclistas tiveram um crescimento de 115% e o custo com o atendimento a esses pacientes de 170,8%. No Mato Grosso do Sul, foram 1.141 internações em 2014, representando um gasto de 1,2 milhões.

 

Diante desse cenário, o Ministério da Saúde está propondo uma série de ações intersetoriais, que deverão envolver outras esferas do Governo Federal, governos estaduais e municipais, para promoção de uma política específica de prevenção aos acidentes com motos.

 



<< Voltar

PARCEIROS


 

 

ANÚNCIOS


(67) 3441-1955
Av. Antonio Joaquim de Moura Andrade, 1840 - Centro | Nova Andradina / MS

Imagem