Consulta (Acesso Restrito)

Código:   Senha:

 

Educação transforma 11 sábados em letivos, mas só três com aulas

Redação

O atraso no início do ano letivo na rede estadual de ensino, que deveria começar no dia 09, vai exigir que os alunos reponham as aulas em três sábados: 21 de fevereiro, 28 de março e 27 de junho. Com o adiamento, mais nove sábados foram acrescidos para completar os 200 dias letivos exigidos pela Lei de Diretrizes da Educação.

 

Conforme divulgado nesta sexta-feira (06) no DOE (Diário Oficial do Estado) o calendário terá a duração de 207 dias, sendo : 200 dias letivos; dois dias de jornada pedagógica (12 e 13 de fevereiro), além de cinco dias destinados à exames finais.

 

Segundo a SED (Secretaria Estadual de Educação) os períodos de formação continuada, planejamento e conselho de classes foram transferidos para os sábados para evitar que os alunos fossem prejudicados. Inicialmente foi cogitado a hipótese da necessidade das aulas serem repostas em oito sábados.

 

Tendo em vista que, o cronograma, que previa o retorno dos alunos a partir de 9 de fevereiro nos municípios do interior do Estado, já contabilizava aulas em três sábados: 25 de abril, 30 de maio e 27 de junho. E com o adiamento mais oito sábados deverão ser acrescentados para completar os 200 dias letivos.

 

A transferência do início do ano escolar, que começa no 19 de fevereiro, foi acatada pelo governo do Estado a pedido da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul). As justificativas foram economia com transporte escolar, professores contratados e conclusão da reforma das escolas.

 

Dos 78 municípios do Estado, apenas Dourados, segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul, decidiu manter para dia 9 o início do ano letivo na rede municipal. Segundo o prefeito Murilo Zauith, o objetivo é não prejudicar o calendário que já estava programado. Já as escolas da rede estadual do município seguem o calendário da secretaria de Educação do Estado.

Campograndenews



<< Voltar

Educação transforma 11 sábados em letivos, mas só três com aulas

Redação

O atraso no início do ano letivo na rede estadual de ensino, que deveria ter começado  no dia 09, e iniciou  dia 19 vai exigir que os alunos reponham as aulas em três sábados: 21 de fevereiro, 28 de março e 27 de junho. Com o adiamento, mais nove sábados foram acrescidos para completar os 200 dias letivos exigidos pela Lei de Diretrizes da Educação.

 

Conforme divulgado no DOE (Diário Oficial do Estado) o calendário terá a duração de 207 dias, sendo : 200 dias letivos; dois dias de jornada pedagógica (12 e 13 de fevereiro), além de cinco dias destinados à exames finais.

 

Segundo a SED (Secretaria Estadual de Educação) os períodos de formação continuada, planejamento e conselho de classes foram transferidos para os sábados para evitar que os alunos fossem prejudicados. Inicialmente foi cogitado a hipótese da necessidade das aulas serem repostas em oito sábados.

 

Tendo em vista que, o cronograma, que previa o retorno dos alunos a partir de 9 de fevereiro nos municípios do interior do Estado, já contabilizava aulas em três sábados: 25 de abril, 30 de maio e 27 de junho. E com o adiamento mais oito sábados deverão ser acrescentados para completar os 200 dias letivos.

 

A transferência do início do ano escolar, que começa no 19 de fevereiro, foi acatada pelo governo do Estado a pedido da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul). As justificativas foram economia com transporte escolar, professores contratados e conclusão da reforma das escolas.

 

Campograndenews

 

 



<< Voltar

PARCEIROS


 

 

ANÚNCIOS


(67) 3441-1955
Av. Antonio Joaquim de Moura Andrade, 1840 - Centro | Nova Andradina / MS

Imagem