Consulta (Acesso Restrito)

Código:   Senha:

 

Centro de Diagnóstico de Câncer espelha uma nova realidade em Nova Andradina

Luciene Carvalho Redação Nova News

  

Com suas portas abertas desde março deste ano, o Centro de Diagnóstico do Hospital de Câncer de Barretos passa a espelhar uma nova realidade em Nova Andradina. Como todos sabem, o diagnóstico de um câncer, que cruelmente castiga quem descobre tê-lo, é, sem dúvida um diferencial para que o tratamento surta efeito.

 

O que se busca com um diagnóstico, como medida preventiva contra o câncer, está sendo alcançado em Nova Andradina. Em entrevista à reportagem do Nova News, Nadir Capuci detalhou que a realidade já é outra município. A partir de exames de diagnóstico, a doença pode ser tratada antes de chegar a estágios mais avançados.

 

 

Centro de Diagnóstico do Hospital de Câncer de Barretos está com suas portas desde março deste ano (Imagem: Arquivo Nova News)

Como se sabe ainda, o câncer é um inimigo silencioso e indolor, a princípio. Sintomas quase sempre não aparecem nas fases iniciais e se, descoberto tardiamente, fica mais difícil o tratamento. Mas, entretanto, se o diagnóstico for precoce, as chances de curas são maiores.

 

Os dados apontam que, no ano passado, Mato Grosso do Sul registrou um total de 62 mil atendimentos. Destes, 27 mil descobriram a doença e iniciaram tratamento. Em Nova Andradina os atendimentos em 2015 somaram 5.033, com 560 pacientes tratando a doença. Na co-irmã Batayporã, os atendimentos chegaram a 996, com 86 pacientes atendidos.

 

A partir da implantação do Centro de Diagnóstico e a vinda da carreta do Hospital do Câncer de Barretos ficou mais acessível buscar atendimento de prevenção. Para se ter uma ideia dos números contabilizados, houve um aumento de 220 pacientes de Nova Andradina e 160 de Batayporã.

 

 

Luciana Leal (à esq.) também faz parte do Projeto Vida Nova presidido por Nadir Capuci (à dir.) (Imagem: Acácio Gomes/Nova News)

Outros números apontam que em 2015 a unidade móvel iniciou os atendimentos em 23 de maio e estes somaram 3 mil exames de preventivo, 4 mil exames de mamografia, sendo, 8 casos positivos de mama e 5 casos positivos de colo de útero.

 

Em 2016, foram 2 mil preventivos e 1 mil mamografias. Já a unidade fixa iniciou os atendimentos em 11 de maio com 1.700 exames de preventivo. No dia 03 de agosto tiveram início os exames de ultrassonografia e biópsia: 40 exames de ultrassom e 12 biópsias.

 

No que diz respeito aos exames de papanicolau, em mulheres entre 25 e 65 anos, no Brasil, o número é de 49.767.945, em Mato Grosso do Sul 597.068 e na área de rastreio (lugares com menos acesso à saúde) 132.467.

 

As mamografias em mulheres entre 40 e 69 anos chegam a 28.593.213 no país inteiro. No Estado este número é de 324.181, enquanto que na área de rastreio 74.749.

 

Na unidade móvel, em média 115 mulheres por dia atendidas. Por mês 2.280 alcança o atendimento e no ano 27.360. Já a unidade fixa em média, em média 240 mulheres atendidas por dia – 4.800 por mês e 57.600 por ano. Somando os números, 84.960 atendimentos apenas com mamografia e preventivo.

 

Quem observa tantos números pode se assustar em imaginar que os casos de câncer têm aumentado. Nadir faz questão de lembrar que o aumento não é de casos, mas sim de pessoas que estão procurando a prevenção devido à maior acessibilidade ao diagnóstico. Ela explica que a partir de um exame de diagnóstico é possível detectar possíveis células que podem evoluir para o câncer. “Se descobertas no organismo do paciente, é iniciado o que chamamos de um tratamento de prevenção a fim de a doença não se manifestar”, diz a presidente do Projeto Vida Nova.

 

Outra situação que está favorecendo os munícipes de Nova Andradina e região é um trabalho do Projeto Vida Nova em ajudar na detecção de casos de câncer de pele. Qualquer alteração na pele que a pessoa apresentar, mesmo sem biópsia, pode estar procurando o próprio escritório dos Irmãos Capuci (localizado à Rua Vearni Castro, 1143, centro de Nova Andradina, telefone (67) 3441-1968). Lá são feitas imagens das supostas alterações na pele da pessoa que são encaminhadas posteriormente para o setor de prevenção do hospital em Barretos. Com as imagens, poderá ser constata ou não a doença, para a aplicação dos procedimentos necessários.



<< Voltar

PARCEIROS


 

 

ANÚNCIOS


(67) 3441-1955
Av. Antonio Joaquim de Moura Andrade, 1840 - Centro | Nova Andradina / MS

Imagem