Consulta (Acesso Restrito)

Código:   Senha:

 

Câmara aprova MP que autoriza federalização de rodovia que corta Vale do Ivinhema

Da Redação

 

 Jornal da Nova

 

 

 

A Câmara dos Deputados aprovou a medida provisória n°.708/2015, que autoriza a União reincorporar 625,3 km das rodovias 060, 463, 376 e 487 da malha rodoviária federal transferidos ao Mato Grosso do Sul, em 2002. 

 

Além de MS, outros 14 estados também estão na lista de 'devolução' e somam mais de 13,3 mil km. A matéria ainda será votada pelo Senado.

 

A grande novidade no projeto de lei de conversão aprovado, de autoria do senador Acir Gurgacz (PDT-RO), é a inclusão de uma lista com os trechos que serão reincorporados pela União.

 

O anexo mostra que, dos 14,5 mil km transferidos a 15 estados em 2002, pouco mais de 10 mil km voltam ao controle da União: a maior parte em Minas Gerais (2,8 mil km), Rio Grande do Sul (1,8 mil km) e Bahia (1,3 mil km).

 

Em Mato Grosso do Sul, serão devolvidos à União 625,3 km de: 16 trechos da 060 - total de 296 km, sete trechos da 463 - um total de 112,5 km, 15 trechos da BR-376 - total de 174,9 km e um trecho da 487 - total de 41 km.

 

A medida irá atingir diretamente o Vale do Ivinhema, região que compreendia parte da antiga rodovia BR-367, que voltará a ser reconhecida pela nomenclatura.  A pista está presente nos seguintes trechos:

 

* Fim da pista dupla/entroncamento/MS-141/Ivinhema;

* Entroncamento MS-141/Ivinhema/Vila Amandina;

 

* Entroncamento MS-276/Vila Amandina;

 

* Entroncamento MS-276/entrocamento rodovias MS-134/MS-274/MS-473/Nova Andradina.



<< Voltar

PARCEIROS


 

 

ANÚNCIOS


(67) 3441-1955
Av. Antonio Joaquim de Moura Andrade, 1840 - Centro | Nova Andradina / MS

Imagem